EN/ PT

Ivan Lins

Ivan Lins é um músico completo, um grande compositor conhecido pelos diversos Grammys que recebeu, pelas inúmeras gravações da sua obra pelo mundo, pela sua harmonia diferenciada, pelos arranjos refinados e ao mesmo tempo fáceis de gostar. É o artista brasileiro vivo mais gravado no estrangeiro. Começou a tocar piano aos dezoito anos e foi muito influenciado pela música que ouviu na sua infância nos Estados Unidos, nomeadamente pelo jazz.

Ivan Lins lançou inúmeros discos, muitos deles de grande repercussão. Sempre ligado às questões contemporâneas de cada época, a sua obra renova-se e traz sempre novos valores musicais e ideais agregadas, sem nunca perder a linguagem do compositor e a sua originalidade.

A partir da segunda metade dos anos 80 passa a enfatizar bastante a sua carreira internacional, principalmente nos EUA onde foi e é gravado por grandes artistas como Sarah Vaughan, Quincy Jones, Ella Fitzgerald, Carmen McRae, Barbara Streisand entre muitos outros. No Brasil também foi e é constantemente gravado por muitos dos grandes nomes, como Elis Regina, Simone, Quarteto em Cy, Gal Costa, Emílio Santiago, Djavan, Gonzaguinha entre tantos outros.

Fundador da editora “Velas” em 1991, compôs ainda bandas sonoras para cinema, entre os quais se destacam os filmes “Dois Córregos” e “Bens Confiscados” de Carlos Reichenbach, tendo ganhado o prémio de “Melhor Banda Sonora” no III Festival Luso-Brasileiro Santa Maria da Feira.

Compôs também músicas e temas para novelas e séries.

Em 2001 grava “Jobiniando”, um disco em homenagem a Tom Jobim com novas harmonias para grandes temas do maestro e com novas composições que demonstram a relação do cantor com o universo de Jobim.

Os discos vão-se sucedendo todos eles com grande êxito.

Em 2009 ganha mais um Grammy Latino com seu disco “Ivan Lins & The Metropole Orchestra”, gravado com a excelente orquestra holandesa e com arranjos e direção do maestro Vince Mendoza, grande nome da música mundial, tem como convidados o guitarrista uruguaio Leo Amuedo, a cantora Trijntje Oosterhuis, o saxofonista Stefano Di Batista e o cantor português Paulo de Carvalho.
Em 2010 lança o CD “Perfil” pela Som Livre, com alguns de seus maiores sucessos, e o CD “Íntimo” (Intimate), com produção de Ruud Jacobs e Rob van Weelde, gravado na Holanda com participações internacionais como Take 6, Jorge Drexler, Till Brönner, Alejandro Sanz, Jane Monheit e outros. Este disco conhece uma extensa tournée europeia e brasileira.

Chega a 2012 com “Amoragio”, disco que conta com várias colaborações, entre as quais António Zambujo.

Ivan Lins tem tocado um pouco por todo o mundo, e Portugal não é exceção. A sua obra tem sido apresentada em vários palcos nacionais, quer no formato quarteto quer acompanhado por Orquestra, neste caso, a Orquestra Filarmónica das Beiras, que em novembro de 2012 e em plena Capital Europeira da Cultura, apresentou novos arranjos para os temas imortais de Ivan Lins.
Este concerto que teve lugar no Pavilhão Multiusos de Guimarães juntou no mesmo palco Ivan Lins e a cantora portuguesa Raquel Tavares.



Top

Ouvir



Top

Ver Videos



Top

Discografia

2012 – Amorágio
2010 – Íntimo
2009 – Ivan Lins e The Metropole Orchestra
2008 – Saudades de Casa (CD e DVD) – Warner Music Brasil
2006 – Acariocando – EMI
2004 – Cantando Histórias (CD e DVD) – ao vivo – EMI
2003 – Ensaio [TV Cultura]
2002 – Rio Underground – Ivan Lins E Romero Lubambo
2002 – Love Songs- A Quem Me Faz Feliz – Abril Music
2001 – Jobiniando – Abril Music
2000 – A Love Affair [The Music Of Ivan Lins]
2000 – A Cor do Pôr do Sol – Abril Music
1999 – Live At MCG – Jazz MCG/Heads Up
1999 – Um Novo Tempo -Abril Music
1999 – Dois Córregos – partes 1 e 2
1997 – Os Sucessos De Novelas E Séries
1997 – Viva Noel[Tributo A Noel Rosa]Vol 1 a 3 – Velas
1996 – Ivan Lins e Chucho Valdés e Irakere – Ao Vivo – Velas
1995 – The Heart Speaks – Ivan Lins e Terence Blanchard
1995 – A Doce Presença de Ivan Lins – Velas
1995 – Anjo de Mim – Velas
1994 – Acervo Especial – BMG
1993 – Awa Yiô – Velas
1991 – 20 Anos Ao Vivo – Som Livre
1989 – Amar Assim – Philips/ Polygram
1988 – Two Brazilian Knights And A Lady
1988 – Love Dance – WEA
1987 – Mãos – Philips/ Polygram
1986 – Harlequin – Ivan Lins Lee Ritenour and Dave Grusin
1986 – 1986 – Philips/ Polygram
1984 – Encuentro
1984 – Juntos – Philips/ Polygram
1983 – Depois dos Temporais – Philips/ Polygram
1981 – Daquilo Que Eu Sei – Philips/ Polygram
1980 – Novo Tempo – EMI
1979 – A Noite – EMI
1978 – Nos Dias de Hoje – EMI
1977 – Somos Todos Iguais Nesta Noite – EMI
1975 – Chama Acesa – Sony Music/ RCA Victor
1974 – Modo Livre – Sony Music/ RCA Victor
1972 – Quem Sou Eu? – Philips/Phonogram
1971 – Deixa O Trem Seguir – Philips/Forma
1970 – Agora – Philips/Forma



Top

Prémios

1997 – Grammy Award for Best Latin Jazz Album; The Heart Speaks (Nomeado)
2000 – Grammy Latino de Melhor Performance Pop Instrumental; Dois Córregos (Nomeado)
2002 – Grammy Latino de Álbum do Ano; Jobiniando (Nomeado)
2005 – Grammy Latino de Álbum do Ano; Cantando Histórias
2005 – Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira; Cantando Histórias 
2006 – Grammy Latino de Melhor Álbum de Cantor-Compositor; Acariocando (Nomeado)
2009 – Grammy Latino de Gravação do Ano; “Arlequim Desconhecido” (Nomeado)
2009 – Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira; Ivan Lins and The Metropole Orchestra



Top

Links

Trackback from your site.

 

    NÃO PERCA AS ÚLTIMAS NOVIDADES!
    SIGA-NOS ON-LINE.

    Twitter response: "Bad Authentication data."

    Subscreva a nossa Newsletter